Auto 18 de julho de 2019

Saiba como funciona o Questionário de Avaliação de Risco

Caso você já possuía um seguro ou mesmo que esteja à procura de contratar um, provavelmente deve ter ouvido falar em simulação de seguro.

O processo de simulação é realizado da seguinte forma: o cliente envia seus dados pessoais, do objeto a ser assegurado para a corretora.

Posteriormente estes dados são enviados a seguradoras que retorna com a proposta de coberturas e valores do seguro.

Muitas pessoas não entende a necessidade de responder a tantas perguntas. Entretanto a seguradora necessita saber dados como: locais de circulação, idade, se o carro fica em local seguro a noite, por exemplo.

Todas estas informações fazem parte da analise de risco realizada pela seguradora, para saber a melhor cobertura oferecer e quais as possibilidades de ocorrência de sinistro.

No entanto, responder a todas as perguntas do questionário vale a pena para o cliente?

A resposta é sim, pois se define um perfil a partir do questionário que poderá influencia no valor do seguro.

 

Por que é necessário responder o Questionário de Avaliação de Risco para simulador o seguro?

Pelo principal motivo de oferecer um prêmio justo e realmente de acordo com seu perfil.

Um exemplo é: você deixa seu carro em uma garagem, segue as leis de trânsito, busca fazer tudo de forma correta. É justo você pagar o mesmo valor que uma pessoa que não faz?

Por este motivo que a seguradora através do questionário busca medir com cautela os riscos e recompensar o segurado em algumas situações.

Para que isto ocorra existe um sistema que se alimenta com diversas informações do cliente. Então quanto melhor você dirige, mais barato será seu seguro.

Países como Inglaterra e EUA, utilizam deste sistema nas seguradoras.

 

Mas então eu devo mentir para obter um valor mais barato na simulação do seguro?

Você não deve mentir e sim ser muito verdadeiro neste momento.

É muito importante dizer a verdade, pois caso ocorra um sinistro e a segurado descubra que você mentiu ela pode recusar pagar a indenização e o prejuízo será todo seu.

Nestas situações, mentir poderá sair bem mais caro que a mensalidade de seu seguro.

Vale lembrar o que o valor do seguro irá diminuir de acordo com seu comportamento no transito.

Normalmente, as seguradoras utilizam- se de um mecanismo onde o cliente que não sofre sinistro vai ganhando descontos no decorrer dos anos.

Abaixo estão alguns motivos que podem estar encarecendo o seu seguro alto.

Marca, modelo e ano de fabricação: por ser um bem é muito importante que a seguradora saiba destes detalhes em relação ao carro.

Por questões, que alguns modelos acabam sendo mais visados por ladrões ou possuem peças onde o custo de reposição é muito alto.

Carro zero quilômetro: caso o carro seja novo recém-comprado dentro de um prazo de até 30 dias ou com menos de 1000 km rodados, os ricos de sinistro são considerados menores.

Dispositivos de segurança: aparelhos como alarmes, rastreador e bloqueador de ignição fazem com que a seguradora melhore o valor do seguro.

Nestes casos as chances do automóvel ser roubado ou mesmo furtado são menores.

CEP locais de circulação e de pernoite do automóvel: existem locais que são considerados de muito risco para circulação ou possibilidade de roubos.

Este motivo, seu seguro pode ficar mais alto caso você precise passar por estes locais diariamente.

Quilometragem percorrida diariamente: carros que rodam muito acabam ficando mais expostos ao risco de um roubo ou de uma colisão.

Tempo de habilitação, Idade, gênero e outras características do condutor: por conta destes dados cada perfil possui uma classificação de risco.

Um exemplo disto é: uma pessoa de 45 anos não estará na mesma classificação de uma com 20, já que cada uma além da idade possui hábitos diferentes de direção.

Condutores adicionais: da mesma forma que são analisados dados como do paragrafo acima, caso o cliente adicione um motorista a apólice o valor pode ser mais alto por aumentar os riscos.

Receba as notícias antes dos demais Assinantes!

Clique para ativar as notificações e receba antes de serem publicadas

Publicações relacionadas

Receba atualizações por e-mail